Quinta-Feira, 26 de Abril de 2018

Política


07/12/2017 - 00:00

Lins volta desmentir multas por câmeras

Prefeito rebateu boatos, divulgados por áudios via WhatsApp, informando que 1,2 mil multas foram aplicadas apenas no primeiro dia de funcionamento da central de monitoramento. Ele reafirmou que o sistema não emite multas de trânsito e que combate a criminalidade
Por Leonardo Abrantes
Osasco

Rogério Lins

Rogério Lins (Foto: Luciano Benazzi)
(política@webdiario.com.br)

O prefeito Rogério Lins (PODE) usou as redes sociais para desmentir boatos, espalhados pela cidade nesta quinta-feira, 7, via WhatsApp, sobre a Central de Operações Integradas (COI), que faz monitoramento, 24 horas, de imagens captadas por câmeras espalhadas pela cidade. As informações davam conta que, apenas primeiro dia de funcionamento da Central, na última quinta-feira, mais de 1.200 multas de trânsito foram aplicadas no município. Por meio da mesma rede social, o prefeito garantiu, mais uma vez, que o COI não é utilizado para multar motoristas. Segundo Lins, a Central “veio para ser o maior inimigo da criminalidade”.

Em áudio que circulou na cidade nesta quinta, um homem não identificado passa informações sobre o COI. No áudio, chama Rogério Lins de “desgraçado” por, segundo ele, querer arrecadar dinheiro com multas de trânsito para quem for flagrado, pels câmeras,  cometendo infrações de trânsito, como andar na faixa de ônibus ou sem cinto de segurança. Embora as práticas sejam, de fato, proibidas, Lins garante que o COI não será utilizado com o intuito de aplicar multas. “Estou gravando esse áudio para desmentir uma notícia falsa que anda circulando pelo WhatsApp. Um áudio gravado falando que o COI tem a função de multar os motoristas da nossa cidade. Isso não é verdade. Essa informação é falsa. A Central de Operações Integradas tem o objetivo de diminuir a criminalidade do nosso município. Ele identifica veículos roubados. Tem monitoramento inteligente do trânsito para que tenha mais fluidez e evite congestionamentos, mas também tem a identificação de crimes, identificação facial de pessoas, dentre outras funções que vão fazer com que Osasco seja uma cidade cada vez mais segura e com menos trânsito. O COI veio para ser o maior inimigo da criminalidade nessa cidade”, afirmou o prefeito.

Desde a inauguração da Central, há uma semana, o prefeito tem convivido com boatos sobre a real função do COI. Ao Diário da Região, ele já havia criticado esse áudios. “Hoje as redes sociais propagam muitas notícias falsas, as fake news. Não tem o mínimo cabimento, mesmo porque, eu recebi a mensagem que diz que quem trafegasse acima de 60 km/h seria multado, mas como que através de uma câmera você pode mensurar a velocidade que os veículos estão trafegando? Desconheço essa tecnologia”, ironizou o prefeito. 

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style