Terça-Feira, 20 de Fevereiro de 2018

Polícia

16/01/2018 - 00:00 - Atualizado em 16/01/2018 - 00:00

Coronel chama de bandido PM da Rota por fazer patrulha com luz apagada

Por Da redação
Jandira

Diógenes Lucca

Diógenes Lucca (Foto: Divulgação/r7)
“Tem policiais da Rota que são de má conduta, bandidos que não querem seguir as normas, doutrinas, legislação”. A frase foi dita pelo tenente-coronel da Polícia Militar de São Paulo Diógenes Lucca, durante palestra em Jandira, na última segunda-feira, dia 15.
 
A frase foi uma resposta a um Guarda Civil Municipal que, durante palestra, disse que seguia a Rota como exemplo ao fazer patrulha noturna com os carros apagados. “Não nos copiem naquilo que a gente quer se livrar. Eu lamento demais que viaturas da Rota, que é inspiração para muitos, cometam essa barbaridade”, disse o coronel.
 
Ex-comandante da Rota, o deputado estadual Coronel Telhada (PSDB) se manifestou dizendo que Lucca “fez uma grande besteira”. Telhada ainda disse que o tenente-coronel Ricardo Augusto Nascimento de Mello Araújo, atual comandante da Rota, enviou um documento pedindo a retratação do coronel Lucca. À reportagem do portal R7, Mello Araújo disse que Lucca "vai responder pelo que falou".
 
A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, por meio de nota, informou que "toda atuação de policiais, inclusive da Rota, segue os procedimentos operacionais padrão, prezando pelo respeito e atendimento ao cidadão. Caso algum policial seja encontrado descumprindo ordens, os fatos serão pontualmente apurados e todas as medidas cabíveis serão tomadas”. (com r7.com.br)

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style