Sábado, 23 de Junho de 2018

Polícia

08/03/2018 - 00:00

Empresário pega 13 anos de prisão por matar fisiculturista

Por Redação
Osasco

Alexandre Paes

Alexandre Paes (Foto: Divulgação)
(policia@webdiario.com.br)

Cinco anos após ter sido acusado de matar a esposa, o empresário Alexandre Furtado Paes, que era dono de uma academia de musculação em Osasco, foi condenado a 13 anos de prisão pelo crime.  O julgamento aconteceu na última quarta-feira, em Natal, cidade onde a fisiculturista Fabiana Caggiano foi assassinada, em dezembro de 2012.

O casal passava férias e estava hospedado em um hotel na cidade. Ela foi encontrada, caída no banheiro, por uma equipe do Samu, acionada pelo marido, que alegou um acidente no banheiro. Após dois dias internada e em coma, Fabiana morreu. O laudo do IML apontou asfixia, por estrangulamento, como causa da morte. Principal suspeito, Alexandre fugiu e foi preso dois anos depois, em Ibiúna.

Depois, transferido para Natal, onde aguardou o julgamento, que durou mais de 11 horas. A defesa  vai recorrer da decisão. Mas o empresário vai aguardar na prisão.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style