Terça-Feira, 25 de Junho de 2019

Política


14/12/2018 - 00:00 - Atualizado em 14/12/2018 - 00:00

"Tem gente que adora desgraça para aparecer", afirma Didi

Vereador não citou nomes, mas sua indireta tem endereço certo entre os colegas. Debate, que seria sobre esportes, virou campo de troca de ataques na Câmara Municipal
Por Juliana Oliveira / politica@webdiario.cm.br
Osasco

Vereador Didi (PSDB)

Vereador Didi (PSDB) (Foto: Divulgação)
Duas moções de aplauso ligadas ao esporte movimentaram a primeira parte da sessão da Câmara de Osasco na tarde desta quinta-feira, 13. A primeira, de autoria de Tinha di Ferreira (PTB), à equipe feminina sub-17 do Audax Osasco, vice-campeã do Campeonato Paulista, no último dia 2 de dezembro. Já a segunda, do vereador Ricardo Silva (PRB), à equipe da Vila Izabel, pela conquista da Taça Cidade de São Paulo de futebol. Os times acompanharam a sessão e tiraram fotos com os parlamentares. Durante as discussões, o vereador Didi (PSDB) parabenizou as equipes, mas criticou a postura de alguns colegas.

“Tem gente aqui que espera acontecer uma desgraça para tirar proveito, para aparecer”, disse sem citar nomes. Didi também fez um desabafo e uma análise sobre a atual conjuntura da política brasileira. “Enquanto vivermos essa hipocrisia, essa safadeza de um monte de políticos que acham que tem que levar vantagem em tudo, o Brasil vai continuar com os mesmos problemas”. Ele criticou ainda o longo tempo disponibilizado para discussões de moções na Casa, sem chegar a conclusões alguma. “Estamos discutindo o esporte há duas horas, é bonito e gostoso falar de esportes, mas é preciso saber que tipo, qual modalidade e como vamos apoiar o esporte na cidade. O povo está desempregado, passando fome, sem Natal e sem Ano Novo, e a gente tá aqui só discutindo. Isso há dois anos”.

Na sequência, o vereador Daniel Matias (PRP) falou sobre a importância dos times da cidade se transformar em Organizações Sociais (OSs). “Temos muitos times organizados, mas que não estão documentados. As empresas têm disposição em investir e contribuir em projetos para a dedução do imposto de renda, porém precisam estar com a documentação correta”, afirmou.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style