Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019

Política


11/01/2019 - 00:00 - Atualizado em 11/01/2019 - 00:00

João Doria corta verba para asfalto em Pirapora do Bom Jesus

Governador nega que tenha cancelado R$20 milhões em convênios para Carapicuiba e Pirapora porque seus prefeitos apoiaram seu adversário Márcio França. Gregório Maglio, de Pirapora, disse que recurso seria usado para pavimentar bairros periféricos.
Por Graciela Zabotto e Júlio Rezende / politica@webdiario.com.br
Região

Gregório Maglio, Prefeito de Pirapora do BomJesus

Gregório Maglio, Prefeito de Pirapora do BomJesus (Foto: Divulgação)
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), rebateu as críticas feitas sobre o seu posicionamento de cancelar R$143 milhões em convênios com várias cidades do Estado, inclusive da região (Carapicuíba e Pirapora do Bom Jesus), que foram celebrados, nos últimos dias de dezembro, pelo então governador Márcio França (PSB). França foi adversário de Doria no 2º turno das eleições e perdeu por uma margem muito pequena de diferença. Somente em Carapicuiba e Pirapora do Bom Jesus foram suspensos mais de R$20 milhões em repasses. Em mensagem em suas redes sociais, Doria afirmou que é o contribuinte que tem os interesses em suas cidades.

“Você que paga seus impostos, quer que seu dinheiro seja utilizado para atender interesses políticos, ou para beneficiar a população? Não faremos vista grossa para convênios irregulares, que não tem um plano de trabalho e empenho. Esses convênios que cancelamos, assinados ao apagar das luzes da gestão que nos antecedeu, eram um ato de total desrespeito ao dinheiro público. Vamos apoiar todos os municípios do Estado, da forma correta, sem distinção partidária ou ideológica, visando apenas quem merece ser beneficiado: a população”, declarou o governador.

O prefeito de Pirapora do Bom Jesus, Gregório Maglio, explicou que o recurso iria beneficiar diversas ruas do bairro Jardim Bom Jesus. “As obras de recapeamento levariam melhorias ao bairro, impulsionando o desenvolvimento do município e facilitando o trânsito local, mas infelizmente não será possível. Esperamos, sinceramente, que o governador reveja essa questão, porque ela influencia diretamente na qualidade de vida das pessoas”, enfatizou.
 
 

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style