Sexta-Feira, 19 de Julho de 2019

Animais


19/06/2019 - 00:00 - Atualizado em 19/06/2019 - 00:00

Osasco vai ganhar Centro de Triagem de Animais Silvestres

Por Graciela Zabotto / gracielazabotto@webdiario.com.br
Osasco

Osasco vai ganhar Centro de Triagem de Animais Silvestres

Osasco vai ganhar Centro de Triagem de Animais Silvestres (Foto: imagem meramente ilustrativa)
O Parque Chico Mendes, em Osasco, será o refúgio para animais silvestres resgatados tráfico e maus tratos. Quem garante isso é Fábio Cardoso, diretor do Departamento de Fauna e Bem-Estar Animal da prefeitura de Osasco. Segundo ele, o Cetas (Centro de Triagem de Animais Silvestres), terá toda estrutura para receber animais silvestres de Osasco e também da região. “São animais que vêm de apreensão, seja da Polícia Militar, da Polícia Civil, ou do próprio Departamento de Fauna e Bem-Estar Animal de Osasco”, disse.
 
“Vamos receber esses animais e fazer a triagem. Logo em seguida será elaborado um plano de soltura para os animais que ainda poderão viver em seu habitat natural. Os que não tiverem essas condições serão destinados a alguns criadores regularizados junto ao Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis)”, completou.
 
O projeto já está 80% concluído. Ainda de acordo com Fábio, neste segundo semestre será realizado um estudo de viabilidade e o custo desse serviço para o município. “A perspectiva é de iniciar o chamamento público e a obra em 2020. Nos próximos meses teremos novidades quanto ao Cetas em Osasco”, finalizou Fábio.
 
Cetas em Barueri
Na região, Barueri conta com um Centro de Triagem de Animais Silvestres construído em uma área de 850 m2 e com capacidade de receber de até 3 mil animais por ano. Ao todo são 43 recintos, sendo 30 de reabilitação de mamíferos e aves, 1 de treinamento de vôo, 9 de quarentena e 3 de reabilitação de répteis. O espaço conta com biotério, berçário, ambulatório veterinário, internação, laboratório, cozinha para animais, depósito, vestiários, administração e copa para funcionários. Uma equipe de veterinários, biólogos e tratadores especializados registram, identificam, prestam atendimento veterinário e realizam treinamento de reintegração do animal silvestre ao seu habitat natural. Após reabilitação o animal é encaminhado para áreas de soltura, em regiões de ocorrência de sua espécie, ou segue para criadouros autorizados pelo Ibama ou pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente.
 
Entrega voluntária de animais
A população pode fazer a entrega voluntária de animais silvestres diretamente no Cetas Barueri. Ainda que não seja possível comprovar a origem do animal, não haverá qualquer tipo de punição ao munícipe. O Cetas também orienta não capturar animais silvestres nas áreas urbanas. De acordo com o Centro, na maioria das vezes eles retornam por conta própria para seu local de origem. Mas caso ele esteja ferido ou oferecendo riscos é possível entrar em contato com a Guarda Civil Municipal pelo número 4199-1400 (Barueri) ou outro órgão ambiental da sua cidade, para que ele possa ser encaminhado ao Cetas Barueri. Para resgate e denúncias de comércio ilegal ou maus tratos de animais silvestres entre em contato com a Polícia Ambiental pelo telefone: 4789-0905. O Cetas Barueri fica na Estrada Dr. Cícero Borges de Moraes, 3211, Bairro dos Altos. O horário de recebimento de animais é das 8h às 16hrs, de segunda a sexta-feira (exceto feriados). Para mais informações entre em contato pelo telefone 4689-0314.



Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style