Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019

Cotidiano


09/09/2019 - 00:00 - Atualizado em 09/09/2019 - 00:00

Neves quer destinar áreas da Cohab para moradia popular

Por Da redação / cotidiano@webdiario.com.br
Carapicuíba

Neves quer destinar áreas da Cohab para moradia popular

Neves quer destinar áreas da Cohab para moradia popular (Foto: Renato Silvestre)
O prefeito de Carapicuíba, Marcos Neves, negocia com a Cohab a cessão de áreas que ainda pertencem à companhia, na cidade, para programas habitacionais. Segundo ele, após concluídas as negociações com a empresa pública, ligada à Prefeitura de São Paulo, serão iniciadas conversas com o governo do Estado, para inclusão das áreas em um programa de construção de moradias populares que será lançado ainda em setembro.

As informações foram divulgadas pelo prefeito durante entrevista ao SBT, na sexta-feira, para falar sobre o processo de reintegração de posse, movido pela Cohab, que vai retirar 700 famílias de uma área conhecida como Favela do Cigano,  na Cohab V. O cumprimento da ação judicial está marcado para 12 de setembro.

Segundo Neves, a destinação dessa área para o programa habitacional não vai impedir a reintegração. “Até porque, para que o terreno seja inscrito, ela precisa estar desocupado”, explicou. Mas, de acordo com o prefeito, as famílias serão inscritas em programas habitacionais. Parte das famílias vive no local desde 2016. Nos últimos 15 dias, eles fizeram dois protestos para tentar reverter a reintegração.

Na última quinta-feira, eles atearam fogo em pneus e fecharam a marginal do Ribeirão, próximo ao Rodoanel. Depois, bloquearam vias no próprio bairro.  O protesto só acabou com intervenção da Policia Militar e quando os bombeiros extinguiram os focos de incêndio.  O terreno fica na rua Alterosa e o grupo promete novos protestos até a data da reintegração.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style