Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019

Cotidiano


10/09/2019 - 00:00 - Atualizado em 10/09/2019 - 00:00

Reforma de piscinas dos CEUs começa nesta semana, afirma Rogério Lins

Segundo o prefeito de Osasco, não é possível falar em prazo de conclusão. "Isso vai depender dos trabalhos que serão feitos. Elas estão, inclusive, com problemas hidráulicos", completou
Por Erica Celestini / cotidiano@webdiario.com.br
Osasco

Reforma de piscinas dos CEUs começa nesta semana

Reforma de piscinas dos CEUs começa nesta semana (Foto: Divulgação)
Devem ser iniciadas, ainda esta semana, as obras de reforma das piscinas dos dois CEUs de Osasco. O anúncio foi feito pelo prefeito Rogério Lins, em entrevista ao Diário. “Há muito tempo é solicitada, para nós, a reabertura das piscinas. Mas, para isso, era preciso fazer essa reforma”, explicou. Ainda não é possível falar em prazo de conclusão. “Isso vai depender dos trabalhos que serão feitos. Elas estão, inclusive, com problemas hidráulicos”, completou. A partir daí, as escolas poderão oferecer aulas de natação aos alunos dos dois centros.

Ainda de acordo com o prefeito, a reforma é o primeiro passo para tirar do papel um projeto que prevê a abertura dos CEUS José Saramago, no Jardim Santo Antônio, e Zilda Arns, no Jardim Elvira, ao uso da comunidade, aos finais de semana. “Mas, antes disso, também teremos que tomar outras providências, como contratar equipes de segurança e ainda professores de Educação Física, para darem aulas à garotada e à comunidade”, acrescentou. Em entrevistas anteriores, Lins já havia acrescentado que um dos objetivos é oferecer aulas de hidroginástica à Terceira Idade.

As piscinas dos CEUs estão desativadas, por falta de manutenção, desde a gestão do ex-prefeito Jorge Lapas. Os centros de educação, que reúnem creches e salas de Educação Infantil e Ensino Fundamental, foram construídas na gestão do prefeito Emidio de Souza. A reforma das piscinas integra um projeto, da prefeitura, que prevê a reforma de todas as unidades de ensino da rede municipal, dentre outros prédios públicos.

Para isso a administração adotou um novo sistema de licitação. Foi contratado um pregão no qual as secretarias podem incluir, diretamente, os projetos de reforma, sem a necessidade de realização de uma concorrência para cada obra.  De acordo com o prefeito, o objetivo é acelerar os processos, já que algumas licitações podem demorar de 6 meses a até um ano para serem concluídas.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style