Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019

Política


11/09/2019 - 00:00 - Atualizado em 11/09/2019 - 00:00

Claudio quer liberar estacionamento de veículos nas avenidas da Zona Norte

Segundo vereador, proibição de estacionar carros está derrubando movimento do comércio na João Ventura dos Santos e Costa e Silva. "É um apelo dos comerciantes, não uma ficção da minha cabeça", justificou
Por Juliana Oliveira / politica@webdiario.com.br
Osasco

Claudio quer liberar estacionamento nas avenidas João Ventura e Costa e Silva

Claudio quer liberar estacionamento nas avenidas João Ventura e Costa e Silva (Foto: Caio Henrique)
O vereador Cláudio da Locadora (PV) está solicitando do prefeito Rogério Lins (Podemos) a realização de estudo técnico para a liberação de estacionamento nos horários considerados fora de pico nas avenidas João Ventura dos Santos, Jardim Baronesa e avenida Presidente Costa e Silva, no Jardim Helena Maria. Hoje, a proibição vale para o dia todo, mas a ideia do parlamentar é que seja mantida apenas das 7h às 9h e das 16h às 19hs, podendo estacionar no intervalo das 9h às 16h normalmente.

“Essa cobrança pela falta de vagas é uma reivindicação do comércio local que, sem a possibilidade de estacionamento dos clientes vem sofrendo com a queda nas vendas, alguns chegaram fechar as portas e abrir em cidades vizinhas. Trata-se de um apelo dos comerciantes e não uma ficção da minha cabeça”, disse.

O vereador entende que o fluxo de veículos leves e pesados nas duas avenidas é muito grande, assim como o número de comércios existentes na extensão das vias, mas a proibição de estacionar nas avenidas que passou a valer na gestão do ex-prefeito Jorge Lapas, vem causando muito transtorno e prejuízo aos estabelecimentos. O objetivo do parlamentar é que seja feito o estudo para liberar os estacionamentos nos horários considerados fora de pico.

“Tenho recebido muitas demandas, muitos comerciantes estão fechando suas portas e demitindo funcionários porque não aguentam mais ser multados”, concluiu. Além da perda dos consumidores que não tem opção para estacionar, os comerciantes também ficam impedidos de fazer carga e descarga na frente de suas lojas, porque frequentemente acabam multados.“Alguns fornecedores já nem querem vir aos estabelecimentos para não serem multados. Os clientes também não conseguem parar para fazer uma compra no sacolão que já é multado”.
 

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style