Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020

Cotidiano


07/04/2020 - 00:00

Prefeituras também prorrogam quarentena e reforçam fiscalização ao comércio

Por Da redação/cotidiano@webdiario.com.br

Osasco foi uma das cidades que prorrogou quarentena até o dia 22

Osasco foi uma das cidades que prorrogou quarentena até o dia 22 (Foto: divulgação)
Reforçando determinação do governo do Estado, que prorrogou a quarentena contra a pandemia de coronavírus até o dia 22 de abril, prefeituras da região também decretaram a extensão da medida, que proíbe o funcionamento do comércio e dos serviços considerados não essenciais.

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, foi um dos que confirmou a prorrogação da quarenta, conforme decreto nº 12.429, publicado na edição nº 1830 da Imprensa Oficial. “Sei que muitos não aprovam minhas decisões, mas como prefeito minha prioridade é salvar vidas”, afirmou, em pronunciamento nas redes sociais.  

Em Barueri, o prefeito Rubens Furlan também confirmou que seguirá a determinação. "É um golpe duro para a economia doméstica e do mundo, mas temos que passar por ela e quanto mais prudente formos, menor será o estrago", disse.

Igor Soares, de Itapevi, foi na mesma linha. “Vamos manter a quarentena. Nunca imaginei estar como prefeito e ver a cidade parada, com comércios fechados, mas, precisamos entender que é para o bem de todos, pela vida humana. Precisamos fazer a nossa parte, manter a quarentena para que não aconteça aqui o que já é realidade nos Estados Unidos, Espanha, Itália, Equador, que não tem onde enterrar os mortos, e muitos outros países”, postou.

Sem citar a quarentena, Marcos Neves, de Carapicuíba, afirmou que vai reforçar a fiscalização ao comércio, bares casas noturnas. “Temos recebido muitas reclamações de aglomerações nesses tipos de comércio, além da realização de festas, o que não é recomendado. Agora, a PM e GCM vão trabalhar juntas para fiscalizar estabelecimentos que estejam funcionando irregularmente”, ressaltou.

Em Pirapora, o prefeito Gregório Maglio pediu paciência aos comerciantes e fez um apelo para que turistas não visitem. “Nunca imaginei estar como prefeito e pedir para os turistas não nos visitarem, ver nossa cidade vazia, mas isso neste momento é realmente necessário. Aos moradores e comerciantes peço paciência e entendimento, estamos trabalhando incansavelmente para que essa pandemia não seja igual ao de outros países, que saltam aos olhos, do quanto é assustadora”,  postou.